Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e recolha de dados estatísticos.

Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização. A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo Bairro Alto Hotel Saiba mais

Compreendi
Menu

Reserve a sua estadia

Verificar disponibilidade

  • Melhor preço
  • Wifi Grátis
  • Bebida de boas vindas
( 2 Noites )

Projecto

O novo Bairro Alto Hotel

Inspirado precisamente na arquitectura pombalina, o hotel volta a ser alvo de ampliação e requalificação. Desta vez com assinatura de Eduardo Souto de Moura, arquitecto vencedor em 2011 daquele que é considerado o Nobel da Arquitectura, o Prémio Pritzker. A obra inicia-se após um intensivo estudo dos edifícios pombalinos envolventes e recupera as fachadas originais dos edifícios do hotel devolvendo-lhes a elegância de outrora.
 
No interior, o hotel mantém o seu carácter. A dupla José Pedro Vieira e Diogo Rosa Lã, do Atelier Bastir, respeitam a herança cultural e literária do passado adaptada aos tempos actuais. Tudo, numa ligação harmoniosa entre clássico e contemporâneo, resultando num espaço elegante e intimista inspirada em critérios de conforto e a tradição boémia. Neste rejuvenescimento do interior do hotel, privilegiaram-se os materiais nobres, oriundos do Mediterrâneo e das antigas colónias, como as pedras naturais, as madeiras, os azulejos artesanais e as texturas e cores típicas da cidade de Lisboa, causando um elemento de surpresa em cada espaço. Quanto ao espaço do restaurante BAHR ficou a cargo de outra dupla: Juan Carmona e André Ribeiro, do thestudio. É uma homenagem ao manifesto boémio dos artistas que marcaram a cidade no Séc. XIX. Ali, num espaço aberto a todos, hóspedes e não hóspedes, os visitantes são recebidos num ambiente moderno e informal em que o protagonismo vai, como não podia deixar de ser, para a cozinha e gastronomia portuguesas.
Partilhar esta página